17 coisas para provar da culinária grega

Com mais de 5.000 anos de história e considerada uma das culinárias mais saudáveis do mundo, a cozinha grega é repleta de sabor, aroma e cores vibrantes.

Tipicamente mediterrânea, os pratos são sempre preparados com muitos ingredientes naturais e frescos, a base de muito azeite, perfeitos para o clima mais quente do país.

Saí de lá apaixonada pela culinária grega e resolvi fazer esse post pra compartilhar com vocês algumas das coisas que mais gostei e que são imperdíveis numa visita à Grécia 😉

COMIDAS

Pita Gyros e Souvlaki

São o fast-food grego!

O Pita Gyros é bem parecido com o kebab turco, onde a carne é cozida naquele espeto giratório (daí o nome gyros), mas a diferença é que a versão grega é feita com carne de porco ou carneiro.

A carne é servida no pão pita, que também leva salada, batata frita e molho.

IMG_4465
Pita Gyros – versão vegetariana

Apesar da carne ser o principal ingrediente, em todos os lugares tem uma opção vegetariana, que leva tudo menos a carne.

Já o Souvlaki é uma espécie de churrasquinho, feito com carne de porco, carneiro ou frango. É servido no prato ou também no pão pita e tem os mesmos acompanhamentos do Gyros, salada, molho e batata frita.

Tzatziki

É esse molho a base de iogurte, pepino e alho que geralmente acompanha o Gyros e o Souvlaki. Super refrescante, combina muito com tudo no verão e é também servido como entrada nos restaurantes para comer com pães.

Pitarakia Milou

Esse é um prato tradicional da ilha de Milos, que aliás é imperdível!

Imagine minha surpresa ao pedir no primeiro jantar em Milos tortinhas de queijos locais e me deparar com pastéis!!! Eu, morando há um tempão fora do Brasil, louca por pastéis, quase tive um treco…

IMG_7281
Pitarakia Milou do restaurante O!Hamos!

A gente gostou tanto, que comemos praticamente todos os dias a Pitarakia Milou. Os lugares em Milos onde mais gostamos do prato foi o O!Hamos!, onde são enormes e super bem recheados e no Medousa em Mandrakia, onde a massa é super leve e saborosa.

IMG_4181
Pitarakia do Restaurante Medousa
IMG_3704

Frutos do mar

Um país com tantas ilhas, claro que há sempre muitos frutos do mar nos cardápios.

IMG_7051
Peixinho branco

A variedade é enorme e são servidos de diferentes formas. O polvo é o grande destaque da Grécia, reconhecido como o melhor do mundo! Também há sempre muitas opções de massas preparadas com frutos do mar.

IMG_7782

Gemista

Gemista em grego significa “recheado”, o que basicamente explica o prato, onde vegetais como tomate, pimentão ou beringela são recheados com arroz e cozidos com molho e azeite. O tempero é uma delícia!

IMG_7050
Gemista

Moussaka

Tem aspecto de lasanha, mas não tem massa. É na verdade uma combinação de camadas de beringela, carne de carneiro moída, tomate, cebola e molho branco. Geralmente é acompanhada por batatas fritas. É um pouco pesado!

IMG_7870
Moussaka

Queijo feta

Coalhado, feito com leite de cabra e ovelha, é muito saboroso e encontrado em diversos pratos, como no recheio da Pitarakia (pastéis) e saladas.

IMG_3698
Quejo feta no forno…um tempero indescritível!!!

Além do feta, há vários outros queijos saborosos na Grécia, todos sempre branquinhos e com pouca gordura.

Salada grega

Quer coisa mais gostosa pra comer no verão do que uma salada bem refrescante?

A salada grega é simples, mas super gostosa. É feita com muito tomate (muito mesmo), pepino, cebola, pimentão e um pedaço grande de queijo feta temperado.

IMG_3109
Salada grega

Dolmadakia

A aparência desse prato não é das melhores, mas é bem gostosinho. São folhas secas de parreira recheadas com carne e servidas quente ou recheadas com verduras e servidas fria. Segundo um local, o segredo é molhar o rolinho no molho Tzatziki.

IMG_4676
Dolmadakia – esse rolinho escuro no canto direito da foto e o molhinho branco é o Tzatziki

DOCES

Iogurte com mel e frutas frescas

Todo mundo conhece os iogurtes gregos das prateleiras dos supermercados, que diga-se de passagem, são uma delícia, mas provar o iogurte na Grécia é imperdível!

A textura é muito mais grossa e cremosa, além disso eles servem com alguns acompanhamentos, como por exemplo: apenas mel, mel com nozes, ou ainda adicionar frutas frescas.

IMG_4474
Iogurte com mel, frutas frescas e nozes

Delicioso e ótima pedida para o café da manhã 😉

IMG_7874 (1)
Iogurte com frutas e mel de café da manhã
Baklava

Os doces gregos são bemmm doces, mas pro nosso paladar de brasileiro não chega a ser um problema, não é?!

O Baklava é um desses doces bem doces, mas delicioso! É uma massa folhada com amêndoas, pistache e muito mel.

IMG_3366
Baklava

Ekmek

É um pouco menos doce que o Baklava, e foi uma agradável surpresa! É um pudim de pão com um creme super leve, nozes, mel e kadaif, uma massa a base água e farinha feita em longos e finos fios.

IMG_7148
Ekmek

Koufeto

Quando preparava nosso roteiro pra ilha de Milos, descobri que tinha um doce muito tradicional que falavam super bem, o Koufeto.

Toda vez que saía pra jantar, olhava o cardápio e nunca tinha a sobremesa, até que um dia, ao perguntar para um garçom, ele deu uma risadinha e disse: “Ah não, o Koufeto é um doce servido somente em casamentos” kkk.

Já tinha então desistido de provar, quando encontrei no restaurante O!Hamos! (que aliás é incrível!). É feito de abóbora moranga de casca branca com mel, açúcar e amêndoas. Mesmo não gostando de abóbora, provei, afinal foi difícil encontrar. Ainda bem, porque é super gostoso, adorei!

IMG_4575
Koufeto
É um doce típico da ilha de Milos servido geralmente em casamentos

BEBIDAS

Frappé

Depois de dias vendo todo mundo em Milos andando pra cima e pra baixo com copos grandes de plástico repleto de um líquido marrom, fomos atrás pra ver o que era.

É o famoso frappé, bebida inventada na Grécia por acidente nos anos 50 por um funcionário da Nescafé, que bateu gelo com café instantâneo. A bebida virou moda e é consumida o tempo todo pelos gregos…

IMG_4452
Frappé, café à moda grega

O Diogo, que gosta de café, provou duas vezes e não gostou, mas vale a pena experimentar!

Ouzo (se pronuncia “Uzo”)

Produzida a partir da fermentação da casca de uva e à base de anis, o Ouzo pode chegar a um teor alcóolico de 50%!!!

Nosso primeiro contato com a bebida foi num restaurante simples em Santorini, pertinho do nosso hotel! Fomos pagar a conta e um senhor, provavelmente o dono do restaurante, falou que íamos fazer um brinde…

Colocou a bebida pra gente nesses copinhos pequenos de tequila, brindou com a gente e mandou a gente virar…rs Ele falou que a bebida é ótima para limpar o organismo…quanto a isso não sei, mas que é forte é forte, saí de lá super alegre 🙂

Ah, pra brindar em grego se diz “Yamas”!

Cervejas

Em doze dias na Grécia, posso dizer que o Diogo virou um especialistas em cervejas gregas, cada dia ele provava uma diferente.

Depois de muita degustação, as que ele pediu pra recomendar são as seguintes: Funky Greek Summer (ele amou!), Yellow Donkey, Volcan (Santorini) Blonde e Marea.

Já as básicas, aquelas que você encontra em qualquer supermercado, são a Fix e a Mythos.

IMG_3110

Termino esse post com uma certeza, quero voltar logo pra Grécia 🙂

Leia também:

+ Milos, a experiência autêntica grega

+ Passeio de barco em Milos até Kleftiko

+ Santorini, a ilha mais famosa da Grécia

Abraços,

Melissa.

Anúncios

5 Comments »

Deixe uma resposta