10 coisas para fazer em Florença, a capital da Toscana

O forte despertar artístico e cultural pelo qual Florença passou durante o século 15, fez com que a cidade se tornasse uma das maiores capitais artísticas do mundo!

IMG_4896
Florença

Todo esse movimento foi incentivado e apoiado pela rica e poderosa família Médici, que governou a cidade entre os séculos 15 e 18.

O resultado é uma cidade cosmopolita, repleta de construções grandiosas e obras de arte espalhadas por todos os cantos.

IMG_4624

Não é a toa que a capital da Toscana é hoje uma das cidades mais visitadas da Itália, atrás somente de Roma e Milão!

IMG_4837
Rio Arno

1 – VER DE PERTO A ESCULTURA MAIS FAMOSA DE MICHELÂNGELO

A GALLERIA DELL’ACCADEMIA é o segundo museu mais visitado de Florença. O motivo? É lá que se encontra a famosa escultura de David, obra-prima do gênio Michelângelo!

IMG_4784
David na Galleria dell’Accademia

A escultura de mais de 5 metros de altura, esculpida em mármore, foi realizada entre 1501 e 1504. Ela representa David antes de enfrentar Golias.

IMG_4787
David

Após concluída, ficou exposta na Piazza della Signoria, porém, para poupá-la do sol e chuva, foi levada em 1873 para a Accademia, museu criado especialmente para abrigá-la.

Além de David, a exposição permanente do museu ainda conta com diversas outras esculturas de artistas variados e uma coleção de pinturas religiosas.

IMG_4802
Galleria dell’Accademia

Dica: As filas costumam ser bem grandes para adquirir ingresso na hora, portanto, vale a pena pagar 4 euros a mais pra reservar o ingresso online. É importante dizer que, mesmo com ingresso em mãos, costuma ter uma fila de espera para entrar no museu, pois o lugar não é muito grande e eles controlam o acesso de visitantes, por isso, vale muito a pena chegar logo que abre!

2 – ATRAVESSAR UMA DAS PONTES MAIS FAMOSAS DO MUNDO

A PONTE VECCHIO é um dos grandes símbolos da capital da Toscana.

IMG_4758
Ponte Vecchio

A ponte, que servia inicialmente de estrutura de defesa para monitorar o rio e evitar eventuais ataques, foi a única ligação entre as duas margens do Rio Arno até 1218.

Após uma forte enchente em 1333, a ponte foi fortemente danificada e precisou ser reconstruída, por isso a versão atual data de 1350.

IMG_4724
Ponte Vecchio

Projetada por Tadeo Gaddi, as lojas instaladas nos dois lados da ponte eram ocupadas no passado por ferreiros e açougueiros, diferentemente de hoje, onde encontram-se principalmente joalheiros.

IMG_4839

Um fato curioso é que durante a Segunda Guerra Mundial, nenhuma ponte da cidade foi poupada pelos alemães, exceto a Ponte Vecchio! Dizem que Hitler adorava a vista a partir da ponte e por isso pensou numa outra solução para bloquear o acesso à ela, mandou demolir dois prédios nas duas pontas da Vecchio e deixou a ponte em paz!

IMG_4736

3 – SUBIR NA CÚPULA DA DUOMO

A CATEDRAL SANTA MARIA DAS FLORES, mais conhecida como a Duomo de Florença, é uma construção grandiosa!

Sua construção foi iniciada em 1296 e se estendeu por quase seis séculos!

IMG_4599
Duomo de Florença

O grande destaque é a enorme cúpula de 100 metros de altura, que demorou 14 anos pra ser concluída pelo arquiteto fiorentino Filipo Brunelleschi, cuja tumba encontra-se na cripta da catedral.

IMG_4608

Para quem tem disposição, vale a pena subir os 463 degraus pra chegar no topo da cúpula e apreciar de perto a pintura o “Juízo final”, realizada pelos artistas Giorgio Vasari e Federico Zuccari, além da vista da cidade do alto!

IMG_4882
A cúpula gigante de tijolinhos se destaca no centro da cidade!

Dica: As filas de acesso à entrada da catedral e à cúpula são simplesmente gigantes, por isso, considere fortemente comprar os ingressos online, saiba mais aqui!

4 – PERCORRER AS LINDAS PRAÇAS DE FLORENÇA

Durante o século 15 Florença já era uma cidade mega cosmopolita!

Seu passado de riqueza abundante e cena artística e cultural muito forte, resultou numa cidade repleta de construções grandiosas e obras de arte para todos os lados, especialmente nas praças, que são muitas!

IMG_4666
Piazza della Signoria

Além da Piazza Duomo, onde fica a Catedral, a Piazza della Signoria e a Piazzale Michelangelo, que menciono mais pra frente aqui no post, destaco algumas outras pra você percorrer na sua estadia por lá.

IMG_4635
Piazza della Repubblica

A PIAZZA DELLA REPUBBLICA, onde há cafés antigos e super charmosos como o Gilli, a PIAZZA PITTI, onde fica o palácio de mesmo nome, antiga residência da família Médici e a PIAZZA SANTA CROCE, onde fica a basílica de mesmo nome que abriga os restos mortais de diversas personalidades fiorentinas famosas, como Galileu e Michelângelo.

5 – VER O PÔR DO SOL NA PRAÇA MICHELÂNGELO

Vale a pena se distanciar um pouquinho do centro histórico de Florença, onde estão concentradas as diversas atrações turísticas da cidade para caminhar tranquilamente pelas margens do Rio Arno até o alto de uma colina, onde se encontra a PIAZZALE MICHELANGELO.

IMG_4848
Rio Arno
IMG_4863
Réplica de David na Piazzale

Apesar de íngreme, é uma subida tranquila, que pode ser feita calmamente para começar a apreciar o visual da cidade que já aparece mais distante.

IMG_4879
Vista a partir da Piazzale Michelangelo

A praça, construída em homenagem ao artista Michelângelo, funciona como um mirante, já que permite contemplar Florença por um outro ângulo.

IMG_4860

É um lugar lindo pra ver o skyline de Florença, se conseguir ir no entardecer deve ser ainda mais incrível!

6 – COMER UMA DAS MELHORES PIZZAS DE FLORENÇA

Comer uma boa pizza na Itália não é de fato um grande desafio, mas quando a gente encontra um lugar simpático, com ótima comida e serviço, vale a pena divulgar né?!

Ao descer da Piazzale Michelangelo bateu uma fominha, e o bairro lá embaixo é bem simpático, com vários restaurantes pequenos interessantes. Depois de uns minutos de pesquisa básica no Foursquare, pra não cair em nenhuma armadilha “pega turista”, descobrimos que estávamos ao lado de uma das pizzarias mais bem avaliadas da cidade.

IMG_4908
Uma das melhores pizzas da vida!!!

A I’PIZZACCHIERE tem um cardápio super variado de pizzas e calzones e o preço é super justo 😉

7 – APRECIAR AS ESCULTURAS DA PRAÇA MAIS LINDA DA CIDADE

A belíssima PIAZZA DELLA SIGNORIA sempre foi o coração da vida política e social de Florença.

IMG_4651
Palazzo Vecchio

Nela fica o Palazzo Vecchio (Prefeitura) e diversas esculturas que simbolizam momentos históricos importantes da cidade.

IMG_4658 (1)
Réplica de David de Michelângelo na Piazza della Signoria

É nela também que fica o LOGGIA DEI LANZI, uma pequena galeria de arte, onde lindas esculturas podem ser vistas a partir da praça.

IMG_4657
Loggia dei Lanzi

Se quiser entrar na galeria pra ver as obras de perto, fique a vontade, é de graça!

8 – CONHECER A COLEÇÃO DE OBRAS DE ARTE DA PODEROSA FAMÍLIA MÉDICI

A poderosa Família Médici, patronos das artes e das guerras, governou a cidade entre os séculos 15 e 18.

Durante séculos colecionaram peças de arte renascentistas, que foram doadas à cidade pela última representante da família, Anna Maria Lodovica.

Aberta em 1581, a GALLERIA DEGLI UFFIZI acolheu essa preciosa coleção de arte e é considerada a galeria de arte mais antiga do mundo!

IMG_4845

É também o museu mais visitado de Florença, por isso, vale a mesma dica que dei sobre outras atrações, compre ingresso online.

IMG_4720
Galleria degli Uffizi

9 – VISITAR O MUSEU DO PAI DA LÍNGUA ITALIANA

O autor da Divina Comédia, Dante Alighieri, é considerado o maior poeta italiano de todos os tempos.

Nascido em Florença, ganhou um museu em sua homenagem em 1965, após terem identificado a casa onde nasceu e viveu sua infância.

casa di dante
Museo Casa di Dante: crédito foto: site oficial do museu

No MUSEO CASA DI DANTE, além de aprender um pouco mais sobre o poeta, você vai ver curiosidades de como era a Florença na época de Dante.

10 – PROVAR COCCOLO

Todo mundo que vai à Florença logo descobre alguns pratos típicos pra incluir na lista de “coisas pra provar na cidade”, como a bisteca fiorentina e o biscoito de amêndoas.

O que talvez você não veja facilmente por aí é alguém falando do coccolo, uma massa frita em formato de bolinha que tem queijos locais como acompanhamento. É bem típico de Florença!

IMG_4684
Coccolo

Provamos no Il COCCOLO, clique aqui pra saber mais 😉

IMG_4681
Il Coccolo

E você, o que mais acrescentaria nessa listinha de Florença?

DICAS ÚTEIS:

Como chegar em Florença?

De avião:

Florença tem o Aeroporto Amerigo Vespucci, que fica a 4km do centro da cidade. O aeroporto liga a capital da Toscana com a maioria das grandes cidades européias.

De lá para o centro da cidade tem opção de táxi e ônibus.

O táxi custa entorno de de 15 a 25 euros – depende do trânsito. Já o ônibus custa 6 euros só uma pernada ou 10 euros se comprar ida/volta.

O ônibus é o VOLAINBUS e faz o trajeto do aeroporto até a estação de trem Santa Maria Novella. Opera diariamente das 5h30 até 23h45, sendo que até as 20h30 sai a cada 30 minutos e depois a cada 1h.

O bilhete pode ser adquirido diretamente com o motorista do ônibus 😉

De trem:

Se estiver viajando de trem pela Itália, não terá nenhuma dificuldade em comprar passagem pra Florença, já que é uma das cidades mais turísticas do país.

As principais estações de trem de Florença são: Rifredi, Campo di Marte e Santa Maria Novella, sendo essa última a maior e mais importante da cidade. A estação Santa Maria Novella também está bem no centro da cidade, perto de algumas das principais atrações turísticas de Florença.

Quantos dias ficar na cidade?

É importante reservar ao menos 2 dias para explorar a cidade, pois há muita coisa pra fazer e é importante fazer com calma pra sentir a vibe do lugar, né?!

Florença também serve muitas vezes de base pra quem quer explorar a Toscana, principalmente para aqueles que decidem fazer a viagem sem carro, e sim com passeios organizados ou de trem e ônibus.

Se optar por montar base em Florença justamente pra usufruir dos meios de transporte que a conectam à outras cidades da região, confira esse post do blog Viaje na Viagem, onde eles explicam detalhadamente as opções de 5 bate-voltas a partir de Florença (Siena, Pisa e Lucca, San Gimignano, Cortona e Assis).

Quando visitar a Toscana?

É aconselhável evitar o verão (principalmente Julho e Agosto), pois na alta temporada as temperaturas chegam aos 40 graus e a quantidade de turistas é absurdamente grande. Em março Florença já estava muito lotada, não consigo nem imaginar o que é aquela cidade na alta temporada…

Nós visitamos a região em meados de março, a temperatura estava bem amena e tive até que usar casaco um dia! Numa próxima visita à região eu gostaria de ir em maio ou setembro, pois é um pouco mais quente…

IMG_4853 (1)

Leia também:

+ 7 cidades imperdíveis pra visitar na Toscana

Ciao,

Melissa

Anúncios

2 Comments »

  1. Partilhando sugestões…
    …eu acrescentaria ainda uma visita à Igreja Convento de S. Marco para ver os belíssimos frescos que possui, e também uma visita à Basílica de S. Lorenzo.
    Bons passeios!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s