15 coisas para fazer em Estocolmo

É ao longo de 14 ilhas banhadas pelo Lago Malaren que se estende a linda capital sueca, que por causa de seus canais ganhou o carinhoso apelido de “Veneza do Norte”.

IMG_9296
Estocolmo, a “Veneza do Norte”

Famosa pela qualidade de vida de seus habitantes, Estocolmo merece ainda destaque por sua rica vida cultural e gastronômica, assim como pelas paisagens lindíssimas!

IMG_9994
Entrada típica sueca com camarões

IMG_6601
Linda Estocolmo!

Se no inverno ela fica quase o tempo todo escura, no verão os suecos tiram o atraso e aproveitam para tomar muita vitamina D nas dezenas de parques espalhados pela cidade!

IMG_9308
Praia de sueco…

1 – VISITAR O MUSEU AO AR LIVRE MAIS ANTIGO DO MUNDO

Vou começar essa lista por um dos programas que mais gostamos de fazer em Estocolmo, o PARQUE SKANSEN.

IMG_9446

Fundado em 1891 por Artur Hazelius, o Skansen se tornou um lugar de preservação de parte da história e tradições da Suécia, que estavam se transformando muito rapidamente durante o século 19.

IMG_9830
Vista do alto do Skansen

A ideia de Artur foi genial: retirar casas históricas e fazendas de diversos lugares da Suécia, antes que fossem destruídas ou abandonadas, e as realocar no Skansen.

Ao longo de 30 hectares estão expostas cerca de 150 casas e dentro delas há guias vestidos com roupas de épocas passadas, que contam aos visitantes um pouco das construções e as vezes até da vida das famílias que moravam nesses lugares.

A dinâmica é simples, você caminha pelo parque e quando quiser é só entrar numa determinada construção. Lá dentro você pode apenas dar apenas uma olhadinha ou fazer algumas perguntas para o guia.

IMG_9688
Figurantes do Skansen…rs, é tão real que você até esquece que está numa capital nórdica moderna

Na “rua” que faz a vez do “centrinho da cidade” do parque há vários comércios e muitos deles vendem objetos ou comidas de verdade.

 

É muito divertido, parece até que você está vivendo mesmo em épocas passadas!

Além das casas, há um zoo que abriga diversas espécies de animais escandinavos e várias aves soltas que ficam por todos os lados.

IMG_9838
Skansen

Pra dar a volta inteira no parque sem pressa levamos cerca de 2h30, é realmente muito grande! Há ainda um aquário lá dentro, mas que não está incluso no valor do ingresso.

O parque é muito popular em Dezembro, quando montam um mercado de Natal, deve ser a coisa mais linda!

2 – VER DE PERTO O ÚNICO NAVIO DE GUERRA DO SÉCULO 18 EXISTENTE NOS DIAS DE HOJE

DJURGARDEN é a ilha onde estão concentrados diversos museus e atrações interessantes de Estocolmo (itens 1, 2, 3, 4 e 14 dessa listinha!).

IMG_9281
O Museu Vasa é o prédio mais alto marrom

Um dos lugares mais visitados da cidade fica nessa ilha, o MUSEU VASA!

Ele foi construído para abrigar o navio de guerra Vasa do século 18 que afundou quando saia do porto de Estocolmo em 10.08.1628 após uma sequência de ventos fortes que o tombaram de lado.

IMG_9640
Vasa

Após 333 anos ele foi encontrado e pode ser restaurado, pois o verme que geralmente devora cascos de madeira em água salgada não consegue sobreviver nas gélidas águas do mar Báltico.

IMG_9599
Museu Vasa

Não somente a carcaça do navio foi recuperada, como também diversos objetos e esqueletos de parte da tripulação que afundou com ele.

IMG_9638

Desde então diversos especialistas trabalham juntos para manter e conservar o navio, que possui diversas esculturas talhadas.

IMG_9645
Navio Vasa, espetacular!

O resultado é fascinante, o navio é hoje 98% original!

O museu abriga 9 exposições relacionadas ao navio e um filme que resume a história toda em 16 línguas (sempre com legendas em inglês).

3 – DESCANSAR ENTRE AS FLORES

A ilha de Djurgården é uma das maiores áreas verdes de Estocolmo!

IMG_9868
Djurgarden

Andar por lá, às margens do lago é uma delícia! E é lá que fica o ROSENDALS TRADGARD, um jardim de cultivo de flores!

IMG_9897
Rosendals Tradgard

Eu imaginava que seria algo como o Rosedal de Buenos Aires, com rosas de todas as cores espalhadas pelo jardim. Já adianto que não é, mas ainda assim é uma graça.

IMG_9917
Rosendals

No meio do jardim ficam estufas onde as flores são cultivadas e há lojas de flores e um café bem simpático.

Bem ao lado tem uma área verde enorme com bancos e mesas de madeira, lugar ideal pra fazer piquenique.

IMG_9923

Próximo à entrada fica o PALÁCIO ROSENDAL (numa cor linda rosa pastel), que abriga salões decorados por artistas suecos. É aberto para visitação somente de meados de Junho a meados de Agosto.

IMG_9890
Palácio Rosendal

Nós chegamos no Rosendal no fim da tarde, já cansados de bater perna o dia todo.

IMG_9895
Palácio Rosendal

Aproveitamos que estava um sol super gostoso e deitamos nesse gramado lindo verde em frente ao Palácio. Foi uma delícia, só tinha a gente e umas ovelhinhas soltas próximo dali!

IMG_9964
O gramado mais limpo e aconchegante da vida 🙂

4 – APRENDER MAIS SOBRE A HISTÓRIA DOS POVOS NÓRDICOS

Que tal aprender um pouco mais sobre os suecos e os povos nórdicos em geral?

No MUSEU NORDISKA é possível! Foi fundado pelo mesmo cara que fundou o Parque Skansen, aliás ficam bem próximos um do outro.

IMG_9434
Museu Nordiska

Lá estão expostos diversos móveis, fotografias, roupas, jóias, brinquedos, objetos de vidro, porcelanas e muito mais sobre os povos escandinavos!

5 – TOMAR UM DRINK NUM BAR FLUTUANTE

O MALARPAVILJONGEN é um bar/restaurante que funciona somente no verão.

Parte do bar fica numa estrutura flutuante de frente pro lago e é um lugar incrível pra tomar um drink e curtir o fim da tarde num dia ensolarado.

IMG_0127
Bar de verão Malarpaviljongen

Descobrimos esse lugar graças a um casal querido de amigos que mora na cidade há dois anos 🙂

IMG_0119
Brinde ao encontro com esses amigos queridos!!!

O ambiente é bem descontraído, o menu muito bom e a música é ótima!

6 – PROVAR A CULINÁRIA SUECA NUM TRADICIONAL RESTAURANTE DA CIDADE

O tradicional restaurante BOBERGS MATSAL fica no último andar da loja de departamento Nordiska Kompaniet.

Depois de algum tempo fechado foi reaberto pelo famoso chef sueco Bjorn Frantzé, e serve um menu contemporâneo com base em receitas tradicionais suecas.

IMG_0100
Bobergs Matsal

O salão é chiquérrimo e no almoço o menu é mais em conta (cerca de 30 euros por pessoa). É importante fazer reserva!

Se for até lá, chame o chef Gustavo, nosso amigo brasileiro que trabalha no restaurante e é uma simpatia 😉

7 – BATER PERNA NO CORAÇÃO DA CIDADE

Foi em GAMLA STAN que começou a surgir no mapa o que é hoje Estocolmo, portanto é a cidade velha da capital sueca.

Fundada em 1252, possui diversos prédios medievais, ruelas simpáticas repletas de lojinhas, cafés e restaurantes.

A PRAÇA STORTORGET é a mais antiga da cidade, lá funcionava um mercado na Idade Média e tem, portanto, os prédios mais antigos da cidade.

É também em Gamla Stan que encontra-se o Palácio Real de Estcolmo, falo dele no item 10.

8 – SE SENTIR VIKING POR UMA NOITE

Localizado numa discreta porta na rua Vasterlanggatan (Gamla Stan) fica o restaurante AIFUR KROG & BAR, um lugar único que oferece uma experiência única, a de se sentir um verdadeiro viking!

IMG_9561

Ao entrar você já se depara com uma decoração tipicamente viking, com uma luz baixa e um host que anuncia sua chegada aos berros para os demais clientes! rs

IMG_9562
Aifur Krog – a experiência Viking

É preciso fazer reserva com antecedência e saber que a comida é boa, mas não é incrível, é ir mais pela experiência mesmo!!!

IMG_6850
Vocês não tem noção de como é chato comer com esses talheres!!! kkk

9 – CONHECER UM DOS PRÉDIOS MAIS FAMOSOS DE ESTOCOLMO

O prédio da PREFEITURA DE ESTOCOLMO é um dos principais cartões-postais da cidade.

Construído entre 1911 e 1923 com nada menos que 8 milhões de tijolinhos vermelhos, é famoso mundialmente por ser o local onde acontece anualmente no mês de Dezembro o jantar de gala do Prêmio Nobel.

IMG_6708
Prefeitura de Estocolmo

O que pouca gente sabe é que é possível fazer uma visita guiada pelo interior do prédio, que dura cerca de 45 minutos. Só dá pra comprar o ingresso na hora e as visitas em inglês e sueco acontecem diariamente. Entre Junho e Agosto há tours também em outras línguas. Saiba mais aqui!

Também no verão é possível subir na torre do prédio, que tem 106m de altura. Não subi, mas vi umas fotos lindas tiradas lá do alto…

IMG_9385
Prefeitura de Estocolmo

Se não fizer questão de conhecer o prédio por dentro, não deixe de andar pelo jardim externo da construção, de lá se tem uma vista muito bonita para o Lago Malaren.

IMG_9400
Vista para o Lago Malaren

Fui num sábado, dia em que fazem casamentos na Prefeitura, e o jardim estava repletos de casais de noivos.

IMG_6740
Noivos saindo da Prefeitura – todos os sábados a tarde são realizados casamentos relâmpagos lá, dura cerca de 5 minutos! 

10 – CONHECER O TESOURO DA COROA SUECA

O PALÁCIO REAL DE ESTOCOLMO fica bem no centro da cidade, em Gamla Stan, e é onde ficam os gabinetes da família real.

Construído no século 18 em estilo barroco, possui 7 andares e 600 aposentos.

IMG_9372
Palácio Real de Estocolmo

Lá funcionam dois museus, um de esculturas italianas que abre somente no verão e outro aberto o ano todo que conta a história do palácio real original, que ficava no mesmo local do atual, porém destruído por um incêndio em 1697.

Dá pra visitar também o Tesouro da Coroa, espaço do palácio que abriga coroas, espadas e outras jóias da monarquia sueca.

IMG_9368
Palácio Real de Estocolmo

Info: A residência particular do rei e da rainha é o Palácio de Drottningholm,que fica há cerca de 45minutos de carro/transporte público do centro da cidade.

11 – FAZER UM FIKA

Ao andar pelas ruas de Estocolmo, inevitavelmente você irá se deparar com a palavrinha FIKA. Afinal, o que é FIKA?

Nada mais, nada menos, do que o famoso coffee break, aquela pausa básica para o café (e para um docinho).

Fazer um fika é um ritual sagrado para os suecos e pode acontecer em qualquer lugar e a qualquer hora do dia ou da noite! No trabalho, por exemplo, é super bem visto fazer fika, as empresas enxergam como uma oportunidade dos funcionários relaxarem e trocarem ideias.

No fika os suecos tomam um café forte, geralmente sem açúcar, acompanhado de algum doce, que podem ser pães de massa folhada (com ou sem recheio), bolos, tortas, muffins, bolachinhas etc.

12 – CONTEMPLAR VISTAS LINDAS DA CIDADE

Estocolmo é fotogênica de qualquer ângulo, mas dois lugares chamaram minha atenção.

O primeiro é um lugar chamado MONTELIUSVAGEN, uma pedra alta num parque que fica a cerca de 1,5km de distância do centro de Gamla Stan (subir pela rua Bastugatan).

De lá se tem uma visão privilegiada da cidade, pena que quando chegamos estava chovendo forte e tivemos que descer logo.

IMG_9509
Vista do alto da pedra em Monteliusvagen

O segundo lugar é próximo dali, bem pertinho do centro de Gamla Stan, o EVERT TAUBES TERRASS em Riddarholmen, um lugar muito calmo e perfeito também para ver o pôr do sol.

IMG_9524
Vista no terraço de Riddarholmen

Detalhe: as duas fotos, cada uma tirada num lugar, foram no mesmo dia, quase uma atrás da outra! rs Nem dá pra acreditar que o céu cinzento sumiu em minutos e abriu esse solzão de novo, né?!

IMG_6820

13 – FAZER COMPRAS

Pra quem adora fazer compras ou apenas olhar vitrine pra se inspirar, há diversas opções interessantes na cidade.

O lugar mais conhecido dos turistas é o calçadão de pedestres DROTTNINGGATAN, que possui várias lojinhas mais acessíveis, afinal, convenhamos que Suécia não é dos lugares mais baratos pra fazer compras, né?!

IMG_9325
Drottninggatan

Agora, se você quer e pode gastar várias coroas suecas, então pode ir direto pra ilha OSTERMALM, onde há vários hotéis chiquérrimos e lojas exclusivas.

Para quem gosta de coisas diferentes, mais originais e não tão caras, o lugar é o SoFo, bairro descolado na ilha de SODERMALM. Lá tem várias lojas de design e dá pra comprar ou se inspirar com o inconfundível estilo escandinavo de decoração, aquela coisa mega aconchegante (adoro!)

Por fim, se gostar de decoração, lembre-se que a famosa rede de lojas IKEA é sueca (super barata!) e pode ser um programa bem divertido andar por uma delas 😉

14 – IR NUM PARQUE DE DIVERSÕES

O GRONA LUND foi inaugurado em 1883 e é o mais antigo do país.

IMG_9271
Grona Lund

Nós passamos várias vezes por ele, mas não tivemos tempo de entrar. É um programa bem bacana pra quem for à Estocolmo com crianças…

Do lado de fora dá pra perceber que o parque não é gigante, mas tem vários brinquedos clássicos, entre eles àquelas tradicionais montanhas-russas!

IMG_9273

15 – FAZER UM BATE-VOLTA PARA A CIDADE MAIS ANTIGA DA SUÉCIA

Meio dia é suficiente pra ir, passear e voltar de SIGTUNA, a primeira cidade sueca.

A Stora Gatan é a principal rua da cidade, onde há uma concentração de lojinhas e alguns poucos cafés e restaurantes.

IMG_9486
Rual principal em Sigtuna

No entorno dessa rua você se depara com casinhas simples de madeira super charmosas, uma Prefeitura pequenininha, uma igrejinha ao lado de um cemitério e diversas ruínas e pedras da era Viking.

É um passeio bem interessante! Não deixe também de caminhar pela margem do lago, onde há uma área verde agradável!

IMG_9457

Para chegar lá de transporte público: trem sentido Marsta, desce na estação de mesmo nome e depois pega na saída o bus 570 para Sigtuna. O trajeto todo demora pouco mais de 1h.

DICAS PRÁTICAS:

Quantos dias em Estocolmo?

Tem muita coisa interessante pra ver na cidade, por isso eu sugiro entre 3 e 4 dias, menos que 3 vai ser super corrido e talvez só valha a pena pra quem não se interessa por museus, por exemplo.

IMG_9327

Qual a melhor época pra ir?

No inverno a temperatura é bem baixa e os dias super curtos (clareia por volta de 10h e escurece de novo por volta de 14h).

Por isso, pra aproveitar todos os parques e ver os suecos animadinhos, recomendo ir entre maio e setembro. De qualquer forma, não espere temperaturas super altas, o verão tem sol, mas raramente passa dos 30 graus.

IMG_6696

Como se locomover por lá?

A região central pode ser tranquilamente toda percorrida a pé.

Para distâncias mais longas, o ideal é utilizar o transporte público da cidade, que compreende metrô, trem, tram, ônibus e balsa e é super eficiente!

A agência que administra o transporte público na cidade é a SL (Storstockholms Lokaltrafik) e você pode comprar ingressos avulsos, de 24h, 3 dias e 7 dias em diversos locais, como estações metrô e na estação central de trem. Saiba mais detalhes aqui!

Para comprar ingressos avulsos, a maneira mais prática é comprar direto pelo celular através do App SL (gratuito). O ticket avulso é válido por 75 minutos a partir do momento da compra, então deixe pra comprar assim que entrar no transporte escolhido. Quando o fiscal chegar é só mostrar o QR Code no celular.

IMG_0433.PNG
App SL

Nós utilizamos bastante esse APP, inclusive pra pegar balsas para ir de uma ilha pra outra, é ótimo!

IMG_9261
Balsas

Vale dizer que tem fiscalização em todos os transportes!

Outra maneira prática e mais econômica de se locomover por Estocolmo é alugar uma bike da cidade. Há ciclovias em todos os lugares e muita gente utiliza, portanto os motoristas estão acostumados e respeitam os ciclistas.

A City Bikes conta com mais de 100 estações espalhadas pela cidade, saiba mais detalhes aqui sobre a compra do cartão pra usar a bike!

IMG_6617
Bike friendly

Quanto a táxi é super caro! Também nem considere alugar carro, pois há muitos pedágios dentro da cidade, poucos estacionamentos – extremamente caros – e bastante trânsito!

Como sair/chegar aeroporto?

O Aeroporto Internacional Arlanda é longe do centro da cidade (40km ao norte), por isso pegar um táxi pode custar uma verdadeira fortuna. A mesma coisa acontece se você chegar pelo Aeroporto Nacional/Internacional Skvasta, que fica a 100km de Estocolmo.

A maneira mais econômica de sair desses aeroportos é utilizar um serviço especial de ônibus, da empresa Flygbussarna, que leva os passageiros até a estação central de trens de Estocolmo (Cityterminalen). Na volta aos aeroportos é só fazer o caminho inverso, saindo da estação central.

Do aeroporto de Arlanda também é possível pegar um trem bala, o Arlanda Express (trajeto até a estação central de trens: 20 minutos). Porém, custa o dobro do valor do bus!

Vale a pena fazer o Stockholm Pass?

Esses passes que dão acesso a várias atrações da cidade costumam valer a pena pra quem tem tempo ou vontade de fazer bastante coisa.

O de Estocolmo tem opção de 1, 2, 3 e 5 dias de validade, com direito àqueles ônibus turísticos de 2 andares, passeio de barco e transporte público a vontade durante sua validade.

Porém é bem caro, bem mesmoooo! Pra terem uma ideia, o de 1 dia/ adulto sai hoje por volta de R$200,00 (algo hoje entorno de 50 euros). Pra avaliar se vale a pena ou não pra você, é preciso somar os valores dos passeios/atrações que quer fazer e acrescentar o valor do transporte público (se for o caso).

Clique aqui pra conferir todos os valores e atrações do Stockholm Pass.

E você, o que mais acrescentaria nessa listinha?

Bom passeio 🙂

Melissa

 

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *