7 cidades imperdíveis para visitar na Toscana

A expressão italiana Dolce far niente (doce fazer nada) nunca fez tanto sentido pra mim!

Na linda Toscana o ritmo de vida parece mais tranquilo, as pessoas desfrutam lentamente dos pequenos prazeres da vida, comer bem, tomar ótimos vinhos, apreciar a paisagem…

IMG_6209

Rodando pelas estradas da região, rodeadas por vinhedos e campos de oliveiras, por um momento tive vontade de fazer como Frances Mayes e me instalar definitivamente nesse pedaço do mundo tão lindo e ensolarado (fãs do filme Sob o Sol da Toscana entenderão!) rs

IMG_5185 (1)
Linda Toscana 🙂

Confiram a listinha de cidades imperdíveis que conheci por lá!

1 – VOLTERRA

Sabe aquela paisagem típica do nosso imaginário sobre a Toscana? Montanhas, campos verdes, girassóis, cidades charmosas? Em Volterra tem tudo isso e mais um pouco…

IMG_4007
Vista panorâmica do alto de Volterra

Como diversas outras pequenas cidades da região, Volterra foi construída no topo de uma colina e conta com uma fortificação que a protegia no passado contra invasores.

IMG_3978
Volterra

Repleta de vestígios etruscos e romanos, Volterra é uma cidade medieval super bem conservada.

IMG_3976
Ruínas de um antigo teatro romano na entrada de Volterra

Lá do alto ainda se tem um visual deslumbrante da região, daqueles de ficar embasbacado durante um tempo dizendo Uau!!!

IMG_4063
Vista do alto de Volterra

Nela só entram pedestres, uma mescla de turistas e habitantes que circulam pelas ruelas de pedras do centro histórico, um lugar incrível repleto de lojas interessantes de artesanato, produtos típicos da região, restaurantes e cafés simpáticos.

Essa cidade que serviu de cenário para a saga de histórias Crepúsculo, parece ainda não ter sido totalmente descoberta pelo turismo, apesar de toda infraestrutura que tem!

Acho que foi isso que mais gostei nela, tem um ar acolhedor onde encontramos os moradores conversando na rua e se encontrando para ver o pôr do sol, muito mágico!

IMG_5187
Pôr do sol em Volterra

2- SAN GIMIGNANO

Outra cidadezinha medieval encantadora, não tão minúscula como Volterra, mas igualmente charmosa, é San Gimignano.

IMG_6167
A fotogênica San Gimignano

De longe já é possível avistar suas torres, um símbolo da cidade. Durante a época da Idade Média San Gimignano chegou a ter 72 torres, uma para cada família rica da cidade.

Das 72 existentes no passado, restam apenas 13 hoje, resultado do declínio econômico pelo qual a cidade passou após uma epidemia de peste negra que matou metade da população em 1348.

IMG_5224
San Gimignano – a cidades das torres!

Apesar de algumas perdas arquitetônicas, a cidade ainda é muito bem preservada, tanto que foi classificada em 1990 como Patrimônio Mundial da Unesco.

Um dia na cidade é suficiente pra percorrer todos os pontos turísticos, mas se tiver mais tempo e quiser aproveitar tudo com calma, certamente esse é um bom lugar. Só tente evitar a alta temporada, pois esse é um destino certo para os turistas que percorrem a região – são mais de 3 milhões todos os anos.

Lá se destacam as lindas praças, a Gelateria Dondoli – a melhor do mundo! (de verdade…rs) – e a vista para os vinhedos.

IMG_4194
Gelateria Dondoli – a melhor do mundo!

Aliás, é um ótimo lugar pra fazer degustação de vinhos. Fizemos no Sovestro in Poggio e foi incrível 😉

Clique aqui pra conferir os detalhes dessa autêntica experiência toscana!

IMG_4235
Degustação de vinhos e almoço típico na Toscana – Sovestro in Poggio

3- SIENA

Um emaranhado de ruas com lindas construções medievais de tijolinhos caracterizam Siena, uma cidade muito interessante e que serve de base pra muitos que visitam a região da Toscana.

IMG_4326
Ruelas de Siena

Depois de visitar cidades tão pequenas, Siena se torna grande! Apesar de ser um pouco maior, seus principais pontos turísticos estão bem concentrados, o que facilita a vida…

Dentre tantos prédios lindos destaco a majestosa Catedral de Siena, uma jóia arquitetônica. Lá dentro há diversas obras de Michelângelo e a belíssima Biblioteca Piccolomini.

Outro cartão-postal de Siena é a ampla Piazza del Campo, uma praça redonda super famosa pela corrida de cavalo Palio di Siena, que acontece nos meses de Julho e Agosto. Um ótimo lugar pra sentar e descansar!

Não deixe ainda de dar um pulo numa parte mais afastada da cidade (dica preciosa que um local nos deu!), o Giardini Pubblici, onde fica a Fortezza Medicea.

É um lugar onde os habitantes vão no final do dia para fazer esportes e contemplar o pôr-do-sol. De lá se tem uma vista linda para o centro histórico de Siena e dos vinhedos que dão forma ao autêntico vinho de Chianti.

IMG_4371
Siena no entardecer

4 – MONTEPULCIANO

Mais uma cidade medieval no topo de uma colina…mais uma cidade super charmosa!

Por conta de sua localização privilegiada, Montepulciano foi muito disputada durante a Idade Média entre as cidades de Siena e Florença.

Ela é famosa entre aqueles que são apaixonados por vinhos, pois lá é produzido o famoso Vino Nobile de Montepulciano. Aliás, lojas de vinho por ali é o que mais tem, muitas delas inclusive oferecem degustação, é só entrar e começar a provar!

IMG_4401
Do alto de Montepulciano – vista para os vinhedos

Caminhando pelas ruelas desordenadas do centro da cidade, onde há maior concentração de comércio, decidimos entrar na Cantina Ercolani (Via di Gracciano nel Corso, 82), um lugar incrível onde no nível da rua funciona uma loja de vinhos e produtos locais e no subsolo há uma verdadeira cidade subterrânea.

É possível fazer em tour guiado gratuito pelo subsolo, onde aprendemos um pouco sobre a produção de vinho e muito da história da cidade: sobre as famílias poderosas, romances proibidos etc.

No final, uma degustação de vinhos com queijos e antepastos divinos. No final, caso tenha amado algum produto – o que é fato que vai acontecer! – você pode comprar na loja.

IMG_4441
Degustação de vinhos e produtos típicos da Toscana na Cantina Ercolani

Dica: Pra quem tiver tempo e for louco por vinhos, inclua Montalcino no seu roteiro. As cidades são parecidas, mas o vinho produzido lá é outro, o famoso e renomado Brunello di Montalcino.

5 – CORTONA

A charmosa Cortona serviu de cenário para o lindo filme “Sob o sol da Toscana”, baseado no livro de Frances Mayes.

IMG_6206
Cortona – a cidade do filme “Sob o sol da Toscana”

A Piazza della Repubblica é a principal praça da cidade e certamente o lugar mais emblemático do filme.

Também localizada no alto de uma colina, oferece um panorama 180º para o Vale Valdichiana, sendo possível em dias ensolarados avistar até o lago Trasimeno.

É um ótimo lugar para passar algumas horinhas tranquilas, passear pelo centrinho e fazer um almoço demorado.

Um lugar simples, mas super gostoso é o Fiascheria la Fett’unta, onde servem bruschettas deliciosas e o atendimento é ótimo!

IMG_4502

6 – AREZZO

No caminho entre Florença e Roma situa-se a linda Arezzo, uma cidade ainda pouco explorada pelos turistas que visitam a Toscana. O motivo? Não sei…

IMG_4560
Centro histórico de Arezzo

A fortificação do centro histórico, muito bem preservada, é um ótimo lugar pra caminhar no entardecer.

O centrinho histórico guarda a linda Piazza Grande, a principal praça da cidade e também mais antiga. Nela estão reunidas construções de estilos variados, do barroco ao gótico!

IMG_4568
Piazza Grande – cenário do filme italiano “A vida é bela”

Se for cinéfilo, é possível que a reconheça do incrível filme italiano “A vida é bela”, onde Roberto Benigni passava de bicileta gritando “Buongiorno pincipessa”!!!

IMG_4587
Arezzo

Nessa praça acontece também todo primeiro domingo do mês a Fiera Antiguaria, uma feira de antiguidades tradicional que faz parte do calendário de eventos da cidade desde 1968.

Por fim, não deixe de conferir o belíssimo afresco do altar da Igreja de São Francisco (fica na Piazza de San Francesco) executado pelo pintor Piero della Francesca (1416-1492). A pintura conta a história da árvore que teria dado origem à madeira da cruz em que Cristo morreu.

7 – FLORENÇA

Com quase 380 mil habitantes, Florença é a capital e maior cidade da Toscana. Por esse motivo, a cidade sempre entra no roteiro de quem visita a região. Muitos a utilizam também como base e partem dela diariamente pra explorar a Toscana.

IMG_4882
Florença

Por ser o principal centro turístico da região, é uma das cidades mais visitadas da Itália depois de Roma e Milão. Fiquei impressionada com a quantidade de turistas em março, ainda fora da alta temporada.

IMG_4624
Pense numa cidade abarrotada de turistas…

Governada entre os séculos 15 e 18 pela poderosa família Médici, patronos das artes e das guerras, a cidade coleciona construções majestosas que demonstram toda riqueza de seu passado.

Considerada o berço do Renascimento italiano, é a cidade natal de algumas personalidades famosas, dentre elas Dante Alighieri, autor da Divina Comédia, um marco da literatura onde há descrição de várias passagens em Florença.

É importante reservar ao menos 2 dias para explorar a cidade, pois há muitos museus interessantes e igrejas para visitar, várias esculturas espalhadas pelas ruas, a Ponte Vecchio sobre o Rio Arno, a vista panorâmica do alto da Praça Michelângelo…enfim, um mundo de coisas!

Clique aqui pra conferir a lista “10 coisas pra fazer em Florença, a capital da Toscana”.

IMG_4759
Rio Arno e Ponte Vecchio ao fundo!

DICAS ÚTEIS:

Quando visitar a Toscana?

É aconselhável evitar o verão (principalmente Julho e Agosto), pois na alta temporada as temperaturas chegam aos 40 graus e a quantidade de turistas é absurdamente grande.

Nós visitamos a região em meados de março, estava muito sol e temperatura máxima por volta de 20 graus. Numa próxima visita à região eu gostaria de ir em maio ou setembro, pois é um pouco mais quente…

IMG_4405
Em março ainda precisava de vez em quando de cachecol…

Qual a melhorar maneira de passear pela Toscana?

Sem dúvida alguma, de carro! Pra quem adora uma roadtrip, rodar pela Toscana é um sonho! O carro te proporciona liberdade de mudar o caminho, descobrir novas cidadezinhas que não estavam no roteiro, de fazer tudo no seu tempo…

Atenção: é bom alugar um carro pequeno, pois em algumas cidades onde é possível dirigir, as ruas podem ser estreitas.

IMG_3963
Não era nosso carro, mas bem que podia ser né?! rs

Caso o carro não seja sua escolha, o melhor é se hospedar em Florença e de lá partir de trem ou ônibus para outras cidades da região. Esse post do blog Viaje na Viagem explica detalhadamente as opções de 5 bate-voltas a partir de Florença (Siena, Pisa e Lucca, San Gimignano, Cortona e Assis).

Caso não queira se aventurar por lá sozinho em transporte público, sempre há diversas opções de passeios guiados organizados pelas agências de viagens locais.

Florença tem também um aeroporto, o Amerigo Vespucci, que fica a 4km do centro da cidade. O aeroporto liga a capital da Toscana com a maioria das grandes cidades européias.

Quanto tempo ficar na Toscana?

Se eu pudesse ficaria por lá um mês todo e acho que não ia me cansar! É um lugar que dá pra visitar e revisitar quantas vezes quiser na vida e ainda assim sempre descobrir algo novo.

IMG_4221
A linda San Gimignano vista de longe

Nós tínhamos apenas 5 dias pra explorar a região, conseguimos fazer bastante coisa, mas num ritmo um pouco mais acelerado, por isso minha vontade de voltar de novo com mais calma. Acho que 5 dias é realmente o mínimo que você deve considerar!

Onde ficar hospedado?

Depende muito das suas preferências! Se optar por não alugar carro, a melhor opção é se hospedar em Florença, pois de lá tem mais opções de transporte público para outras cidades.

Se estiver de carro, como era nosso caso, pode dormir cada noite num lugar diferente ou definir algumas cidades como base. Por exemplo, se hospedar em Siena e de lá conhecer as cidades no entorno e fazer a mesma coisa em Florença.

IMG_4229
Na próxima vez quero me hospedar uns dias no Sovestro in Poggio, onde fizemos degustação de vinhos ao lado de San Gimignano! A hospedagem funciona de abril à outubro e a casa é linda, especialmente por dentro! Os proprietários também são muito simpáticos.

Nós preferimos avançar na estrada e dormir em lugares diferentes, acho mais interessante do que ficar indo e voltando para um mesmo lugar, mas aí é uma questão de preferência.

E você, qual outra cidade incluiria nessa listinha?

Ciao,

Melissa.

Anúncios

8 Comments »

  1. Estive na Toscânia no final de Maio de 2008, uma óptima altura do ano para a visitar. Ainda pouco calor e gente suficiente …sem ser demais! Foram apenas quatro dias, o que é muito pouco!
    Dos sete locais nomeados só visitamos Florença, Siena e S. Gimignano. Estivemos ainda em Pisa e em Lucca. Não tínhamos carro, pelo que nos hospedamos em Florença. Os passeios foram realizados de comboio e num tour turístico, com guia, muito bem organizado.
    Adorei a Toscânia, adorei a paisagem e gostava de lá voltar com muito mais tempo, alugando um carro para ver outros locais e ter maior mobilidade.
    Concordo consigo que é uma excelente escolha. Também aconselho vivamente!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s