Sintra, bate-volta imperdível a partir de Lisboa

Localizada no centro das colinas da Serra de Sintra, a pitoresca cidadezinha de Sintra, que parece um cenário de conto de fadas, é um convite à viajar no tempo!

img_0154
A bela Sintra

O clima mais fresco das montanhas atraía no passado a monarquia portuguesa, que construíu ao longo dos séculos diversos palácios e residências de veraneio extravagantes. O resultado são diversos monumentos interessantes espalhados pelas colinas e um centro histórico simpático.

img_0184
Centro Histórico de Sintra

A cidade e seu entorno estão listadas como Patrimônio da Humanidade pela Unesco de 1995, e por todos esses motivos, um bate-volta até lá a partir de Lisboa é imperdível!

COMO IR DE LISBOA ATÉ SINTRA?

Situada a apenas 30km da capital portuguesa, a maneira mais econômica pra chegar lá é de trem, que sai diariamente a cada 20 minutos da estação Rossio no centro de Lisboa. Essa estação está ligada às linhas de metrô verde e azul.

img_9476
Estação Ferroviária Rossio em Lisboa

O primeiro trem sai por volta das 7h e o bilhete para cada trecho custa cerca de 2€15. O trajeto demora 40 minutos. De Sintra para Lisboa há trens até as 23h.

No nosso caso, como havíamos planejado uma viagem de carro de Lisboa até Porto, alugamos o carro em Lisboa e chegamos em Sintra em 30 minutos. A estrada é bem sinalizada. Nós dormimos lá uma noite e seguimos viagem na manhã seguinte.

COMO SE LOCOMOVER EM SINTRA?

De carro

Se assim como nós, você chegar em Sintra de carro, o negócio é colocar as atrações que for visitar no GPS e subir as colinas.

Nós não tivemos dificuldade pra estacionar o carro próximo às atrações, mas acredito que durante o verão possa ser mais complicado, daí vale a pena considerar deixar o carro num estacionamento no centro da cidade e utilizar os ônibus turísticos que menciono abaixo.

De ônibus

Da estação ferroviária de Sintra até o centro histórico da cidade é apenas 1.5km, até dá pra ir andando, porém as principais atrações turísticas estão nas colinas, por isso não se engane achando que dá pra fazer tudo a pé.

img_0122
Estação Ferroviária de Sintra

O ideal é pegar um ônibus turístico que sai a cada 40 minutos da estação ferroviária.

Existem dois ônibus, cada um com um circuito diferente. O número 434 – Circuito da Pena percorre três palácios: Palácio Nacional – Castelo dos Mouros – Palácio da Pena. E o número 435 – Villa Express 4 Palácios percorre: Palácio Nacional – Quinta da Regaleira – Palácio de Seteais – Palácio Monserrate.

O circuito 434 custa 5€5o e o 435 custa 2€50. O ticket é adquirido dentro do ônibus e válido pra todo circuito, então você vai até uma atração, faz a visita e depois aguarda o mesmo ônibus pra seguir para a atração seguinte, exatamente o mesmo esquema dos ônibus hop-on hop-off.

Em apenas  1 dia é praticamente impossível fazer todas as atrações, por isso pesquise antes quais atrações tem mais vontade de conhecer e veja qual linha de ônibus funciona melhor pra você.

Vale ressaltar que os últimos ônibus de volta para o centro da cidade passam por volta das 18h, se perder o último a única alternativa será voltar a pé.

O QUE VER EM SINTRA?

No circuito do ônibus 434 o grande destaque é o PALÁCIO DA PENA, uma construção extravagante a 500m de altitude.

img_9888
Palácio da Pena – a neblina deu uma camuflada nas cores vibrantes da construção

O palácio foi construído durante o século XIX num antigo mosteiro.

A construção foi patrocinada pelo excêntrico e amante das artes Rei D. Fernando II, que almejava que sua singela residência de verão lembrasse um cenário de ópera.

img_9828

Se o exterior do Palácio da Pena se destaca por suas cores vibrantes e mescla de estilos arquitetônicos, o interior impressiona pela sua preservação. Isso porque a corte utilizou o palácio até 1910, quando fugiu para o Brasil em consequência da Revolução Portuguesa.

A impressão que temos é de que o palácio ainda é habitável, tamanha perfeição de detalhes!

O palácio fica dentro do PARQUE DA PENA, uma área verde de 200 hectares repleta de caminhos que nos levam até lagos e esculturas.

Como estávamos de carro, o estacionamos numa portaria antes da principal, assim subimos a pé pelo parque até o castelo.

img_9912
Portaria que dá acesso ao Parque da Pena até o Palácio

É um trajeto de uns 30 minutos no máximo (subida), e muito bonito, recomendo!

As outras atrações da linha 434 são o PALÁCIO NACIONAL, que fica no centro histórico e se destaca por ter sido a residência real mais utilizada  em Sintra (do séc. XV até 1910) e o CASTELO DOS MOUROS, ruínas de um antigo castelo construído pelos mouros para proteger a cidade e que hoje oferece aos visitantes uma das vistas mais bonitas da região a partir de seu mirante.

img_0137
Palácio Nacional
img_0210
Palácio Nacional e o destaque para as duas chaminés enormes que saem da cozinha

Já o destaque da linha 435 é a QUINTA DA REGALEIRA, uma das atrações mais visitadas de Portugal.

img_0083
Quinta da Regaleira

Trata-se de um lugar místico que surgiu da imaginação fértil de um carioca com descendência portuguesa, António Augusto Carvalho Monteiro.

img_0086
Quinta da Regaleira

O milionário envolveu diversos artistas no projeto, especialmente um arquiteto famoso na época, Luigi Manini, que também era cenógrafo e já havia trabalhado no Teatro Scala de Milão e no Real Teatro de São Carlos em Portugal.

img_0085

A Quinta da Regaleira foi sua última grande obra em Portugal, antes de voltar para a Itália em 1912. Luigi trabalhou nesse projeto durante 14 anos!!!

A residência de veraneio foi concebida em estilo neomanuelino, e apesar da casa ser incrível, o grande destaque é mesmo o jardim, uma verdadeira terra encantada!

O jardim é enorme, repleto de jardins surpreendentes, esculturas, grutas, cascatas, passagens subterrâneas e muitos labirintos! Famílias inteiras voltam a ser crianças, um passeio imperdível!

O grande destaque do jardim é o Poço Iniciático, uma “torre invertida” que se afunda cerca de 27 metros no interior da terra, com acesso por uma escada em espiral.

img_1652
Poço Iniciático – visto de baixo pra cima

A ideia dessa construção era de intensificar a relação entre a Terra e o Céu.

img_9926
Poço Iniciático – visto de cima para baixo

Nós ficamos cerca de 3h na Quinta da Regaleira, porque tem realmente muita coisa pra ver no jardim!

Dica: Você pode fazer a visita livre, como foi o nosso caso, que é bem divertida, já que você vai por conta própria tentando se virar com o mapa pra achar as passagens secretas etc.

Porém, também há opção de visita guiada, que acontece na medida em que surge demanda. Por isso, vimos muitos casais e grupos de no máximo 4 pessoas fazendo essa visita, que também deve ser bem bacana, já que dá uma contextualizada melhor sobre o lugar.

As demais atrações da linha 435 são o PALÁCIO DO SETEAIS, onde hoje funciona um hotel, o PALÁCIO MONTSERRATE, famoso pela impressionante arquitetura e o PALÁCIO QUELUZ, conhecido como o Versailles de Portugal.

img_0119
Palácio do Seteais

PASSEAR PELO CENTRO HISTÓRICO E PROVAR ALGUMAS DELÍCIAS LOCAIS

Antes de voltar pra Lisboa, não deixe de caminhar pelas ruelas simpáticas do centro histórico da cidade.

img_0165
Centro Histórico de Sintra

Ali há várias lojas de souvenirs, restaurantes e a PIRIQUITA, casa inaugurada em 1862 e parada obrigatória pra quem vai à Sintra.

img_0140
Piriquita – parada obrigatória em Sintra

Eles criaram um doce na década de 40 que se transformou num verdadeiro tesouro nacional, o Travesseiro de Sintra, feito com massa folhada coberta por açúcar e recheado com creme de ovos e um toque de amêndoas.

img_0203
Travesseiro de Sintra

A queijada da Piriquita também é muito tradicional, aliás, surgiu muito antes do famoso Travesseiro. A queijada era um doce muito apreciado pelo rei D. Carlos I durante seus verões na cidade.

img_0198
Queijada de Sintra

Trata-se de um bolinho de massa crocante feito com queijo fresco, ovos, açúcar, farinha e um pouco de canela.

UM BATE-VOLTA É SUFICIENTE?

Provavelmente um bate-volta vai te deixar com aquele gostinho de “quero mais”, o que não é ruim, já que numa outra visita à Lisboa você pode se programar pra visitar de novo Sintra e conhecer outras atrações.

img_0130

Como disse anteriormente, nós dormimos em Sintra para continuar a viagem de carro por Portugal no dia seguinte. Pra esse 1 dia que ficamos lá, visitamos o Palácio da Pena e o parque durante a manhã, a Quinta da Regaleira durante a tarde e o centro histórico no fim da tarde até o início da noite.

Se a gente tivesse corrido dava pra incluir mais uma atração pra visitar, mas queríamos fazer um passeio calmo, sem correria!

Se você tiver tempo, provavelmente não vai se arrepender de reservar 2 dias da viagem para Sintra e assim conhecer tudo de uma vez!

DICAS ÚTEIS

  • Pelo fato de estar localizada entre colinas, Sintra tem a temperatura mais amena, por isso é bom levar um casaquinho, mesmo que esteja quente em Lisboa;
  • Quanto ao calçado, é importante ir de tênis ou outra coisa bem confortável, pois além de andar bastante, alguns lugares, como a Quinta da Regaleira, são úmidos e é perigoso escorregar;
  • Algumas atrações possuem bilhetes combinados, por isso confira antes de comprar pra economizar dinheiro;
  • É possível comprar ingresso online para o Palácio da Pena. Como é uma das principais atrações da cidade, pode ser útil comprar antecipadamente para evitar longas filas, especialmente durante o verão.

Bom passeio 😉

Melissa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s