Córsega na França: a “Ilha da beleza”

Descobri a existência da Córsega depois de vir morar na França, porque de fato a ilha não é ainda famosa entre os brasileiros.

Seus principais turistas são os próprios franceses, mas cada vez mais os estrangeiros, especialmente os da Europa, tem descoberto os encantos da ilha.

Ela é a queridinha dos franceses, que a apelidaram carinhosamente de “Ilha da beleza” por conta de suas magníficas paisagens.

img_4503
Falésias de Bonifácio – extremo sul da Córsega

Situada no sudeste da França, a terra de Napoleão Bonaparte é cercada por montanhas e banhada pelo mar mediterrâneo.

Por causa de sua localização privilegiada, sofreu sucessivas invasões ao longo dos séculos e cada povo que a invadiu deixou sua marca. O resultado? Uma grande multiculturalidade, onde cada povoado é bem singular e dono de uma personalidade bem forte.

A língua oficial é o francês, mas grande parte da população fala o corso, dialeto derivado do toscano. Isso é percebido nas placas dos estabelecimentos, nomes das ruas etc.

QUANTOS DIAS NA CÓRSEGA?

A ilha é enorme, portanto para explorá-la de ponta a ponta você precisaria de bastante tempo, até porque as estradas são bem sinuosas (especialmente no norte da ilha). Eu diria no mínimo uns 15 dias…

A Ilha está dividida em Alta Córsega (capital: Bastia) e a Córsega do Sul (capital: Ajaccio), sendo que a região sul é a parte mais selvagem da ilha e também apelidada de “Caribe francês”, por causa das lindas praias.

corsica_lonely-planet
Mapa da Córsega – Fonte: Lonely Planet

Pra quem já leu nosso post sobre a Sardenha, viu que a princípio íamos passar uma semana na Córsega, mas acabamos resolvendo dividir o roteiro entre as duas ilhas. Isso porque ficamos loucos com algumas fotos da Sardenha e também porque os preços de passagem aérea e hospedagem estavam muito mais atraentes para a ilha italiana (aproveito pra confessar que nos apaixonamos  mais pela Sardenha!).

Ficamos portanto 3 noites na Córsega, tempo suficiente de aproveitar somente a região de Porto Vecchio (curtir muito as praias!) e conhecer rapidamente Bonifácio.

Para fazer as principais cidades do sul da ilha é preciso no mínimo de 1 semana…

QUANDO IR?

O ideal é visitar a ilha no verão, quando as temperaturas estão mais altas e o tempo mais seco. O verão vai de Junho a Agosto, mas assim como a Sardenha, você pode considerá-la visitar a partir da segunda quinzena de Maio até final de Setembro.

img_4347
Praia de Santa Giulia (mês de Setembro)

Os meses de Julho e Agosto são os mais cheios, especialmente Agosto que é o mês de férias na Europa. Eu evitaria a Córsega nesse mês, porque além dos preços estarem mais altos, as praias vão estar mais lotadas e vai ter bastante trânsito.

Dizem que Setembro é um mês meio arriscado, porque as vezes chove nesse período. De fato, duas das três noites em que estivemos lá (mês de Setembro) choveu muito, tipo tempestade mesmo. Somente no último dia, já voltando para a Sardenha o tempo ficou fechado durante o dia, então no fim tivemos até que sorte, deu praia todos os dias!

Uma vantagem da Córsega em relação à Sardenha foi a temperatura da água, o mar é mais quentinho…

img_4441
Praia de Palombaggia

COMO CHEGAR?

A Córsega possui 4 aeroportos: Figari no sul, Ajaccio no sudoeste, Calvi no noroeste e Bastia no nordeste.

Além disso, diariamente chegam ferries na ilha vindas de diversas cidades do sul da França e do norte da Sardenha, onde você pode atravessar de carro.

A travessia de ferry vindo do sul da França demora cerca de 10h e da Sardenha apenas 50 minutos. Para atravessar da Sardenha para a Córsega pagamos 130€ ida/volta (carro pequeno + 2 passageiros adultos) e utilizamos o serviço da empresa Blunavy.

Uma dica: Se decidir começar a viagem de carro numa ilha e terminar na outra, não faça a travessia de ferry com o carro, pois o custo da locação vai encarecer bastante. Nesse caso, tente devolver /alugar o carro nas cidades de onde partem/chegam as ferries: Santa Teresa di Gallura na Sardenha/ Bonifácio na Córsega.

ONDE FICAR?

É preciso definir quais regiões você quer conhecer e levar em consideração quanto tempo terá na ilha, a partir daí poderá definir algumas bases na ilha.

Algumas sugestões de bases interessantes na Córsega: 

  • Bastia (capital Alta Córsega);
  • Corte (Alta Córsega);
  • Calvi (Alta Córsega);
  • Saint Florent (Alta Córsega);
  • Ajaccio (capital Córsega do Sul – oeste da ilha);
  • Porto Vecchio (Córsega do Sul – leste da ilha);
  • Bonifácio (Córsega do Sul – extremo sul).

Como nós tínhamos definido passar apenas 3 noites na ilha, resolvemos nos hospedar na região de Porto Vecchio, para conhecer as praias mais famosas da ilha.

praias-sul_guide-evasion
Mapa das praias de Porto Vecchio – Fonte: Guide Evasion

Elegemos a praia de Santa Giulia para nos hospedarmos, que é considerada a praia mais bonita do sul da ilha. Por lá há vários hotéis e casas residenciais disponíveis para locação, mas o preço por ali é mais alto.

img_4351
Vista deslumbrante da casa que alugamos em Santa Giulia

Alugamos nossa casa pelo Booking.com e dela até a praia eram uns 10 minutos de caminhada. Ao conhecer a praia de Palombaggia, a 11km de distância da praia de Santa Giulia, percebemos que lá é mais calmo e talvez se hospedar por lá seja mais econômico, vale a pena verificar!

COMO CIRCULAR NA ILHA?

Assim como na Sardenha, a melhor opção é de carro. Eles até tem transporte público, mas não chega a todos os lugares.

Nós alugamos o carro pela Sicily by Car no aeroporto de Alghero na Sardenha, mas se você chegar de avião na Córsega encontrará diversas locadoras nos aeroportos da ilha. Caso chegue de ferry sem carro, as cidades portuárias também tem opções de locadoras.

Nós utilizamos o Google Maps e Waze pra rodar a ilha, mas caso você não tenha internet, a sugestão é alugar um GPS com a locadora ou utilizar o aplicativo Maps.Me, onde é possível baixar o mapa da ilha. Clique aqui para ver o App.

img_3735

Quanto a estrada, fique atento, pois alguns trechos são sinuosos (principalmente no norte) e além disso os corsos tem fama de serem um pouco agressivos no trânsito. Por isso se alguém ficar encostando na traseira do carro, tente deixá-lo passar e siga tranquilamente apreciando o visual e as oliveiras que ficam às margens das estradas, afinal você estará de férias!

Como não era alta temporada não sentimos muita essa pressão no trânsito, mas vale a pena deixar o alerta!

NOSSAS ESCOLHAS – ROTEIRO DE 3 DIAS NA CÓRSEGA

DIA 1

Pegamos a ferry das 12h em Santa Teresa di Gallura na Sardenha e 50 minutos depois chegamos em Bonifácio, extremo sul da Córsega.

img_4327
Chegada a Bonifácio na Córsega

A chegada de ferry já é um passeio de barco incrível pra apreciar as lindas falésias da região!

img_4318
Falésias de Bonifácio

Assim que abriu a porta da embarcação começamos a subir a colina onde fica no topo a cidade murada de Bonifácio.

img_4330
Cidade murada de Bonifácio

Como já era relativamente tarde, todos os estacionamentos já estavam completos e apesar de rodarmos por lá um bom tempo, não conseguimos achar um lugar pra parar. Como estava calor, decidimos então partir pra praia e conhecer Bonifácio no último dia, quando pegaríamos a ferry de volta para a Sardenha.

Pegamos então a estrada e fomos direto para a praia onde ficaríamos hospedados, a Santa Giulia. Praia de areia branquinha e mar calmo num tom de azul claro lindo!

img_4340
Praia de Santa Giulia

Ela é a mais famosa da região e considerada a mais bonita!

img_4498
Praia de Santa Giulia

Ao contrário das praias por onde passamos na Sardenha, a Santa Giulia tem uma grande infraestrutura, aluguéis de cadeiras e guarda-sóis, aluguel de pedalinhos, veleiros, pranchas de stand-up e por aí vai…

img_4360
Locação de cadeiras – Praia de Santa Giulia

É perfeita para ir com crianças, o mar parece uma piscina. Achei divertido porque tinham vários idosos aproveitando a calmaria das águas pra se lançar no stand-up, eles caíam e se divertiam, acabavam também divertindo a praia toda…rs

Há vários restaurantes ou clubes com música onde você pode alugar cadeiras pra passar o dia com mais conforto. Quanto ao estacionamento, é grande e gratuito.

DIA 2

PRAIA…rs

A previsão do tempo para o dia seguinte era de chuva o dia todo, então resolvemos aproveitar mais um dia a praia de Santa Giulia e descansar do carro, que ficou na garagem.

img_4420
E a transparência dessa água?

DIA 3

Caiu uma tempestade na noite anterior e a previsão do tempo para o nosso terceiro dia na Córsega mudou completamente. Saiu sol e fez muito calor!

Fomos então conhecer uma outra praia que também é famosa na região, a Palombaggia.

img_4469
Praia Palombaggia

Ela é muito linda e muitos a consideram mais bonita que Santa Giulia. No início fiquei na dúvida, mas no fim acho que preferi a Santa Giulia mesmo.

img_4435
Palombaggia

Ao contrário de Santa Giulia, o mar da Palombaggia é um pouco mais agitado (pouco mesmo!), nem chega a formar ondas!

img_4470
Palombaggia

Tem menos infra, mas ainda assim dá pra alugar pranchas, canoas etc…

A Palombaggia tem um estacionamento grande e gratuito, que fica bem próximo à praia. Porém, antes dele tem outros dois estacionamentos grandes e pagos, o que deu a entender que lota muito na alta temporada.

img_4458
Fugindo do sol em Palombaggia

Da praia fomos para a charmosa cidade de Porto Vecchio, que é o local da região com mais hotéis, restaurantes, lojinhas…

Dia 4 – VOLTA PARA A SARDENHA

Não teve exatamente um quarto dia na Córsega, foi na verdade um período da manhã que aproveitamos pra conhecer um pouquinho de Bonifácio antes de pegar a ferry para a Sardenha.

img_4506
Bonifácio

A ferry saía as 10h30, então chegamos cedo, deixamos o carro no estacionamento e como o tempo era curto decidimos apreciar as falésias ao invés de entrar no centro histórico.

img_4508
Falésias de Bonifácio

Andamos por um caminho de pedras que oferece vistas maravilhosas das falésias.

Se tiver mais tempo em Bonifácio, além de caminhar pelas ruelas da cidade, dizem que o passeio de barco para as Îles Lavezzi é um must do.

img_4551
Falésias de Bonifácio

Bon voyage!!! 🙂

Anúncios

1 Comment »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s