Um lugar chamado Notting Hill: o que fazer em Londres

Quando começamos a organizar nossa viagem à Londres, logo pensei em incluir no nosso roteiro Notting Hill, afinal de contas, esse charmoso bairro londrino inspirou o clássico “Um lugar chamado Notting Hill”, filme britânico de 1999, que adoro!

IMG_2167
Notting Hill

Claro que além dos famosos endereços do filme, o bairro tem muito mais a oferecer. Lá acontece aos sábados uma feira de antiguidades incrível e é também palco do maior festival de rua da Europa, o “Notting Hill Carnival”, que acontece uma vez por ano num final de semana de Agosto.

Ao caminhar por esse charmoso bairro de casas vitorianas é difícil imaginar que até os anos 50 essa era uma região feia de Londres…

IMG_2172
Lado mais calmo de Notting Hill

Durante a Segunda Guerra Mundial (sempre ela!), o bairro de Notting Hill, assim como outras regiões de Londres e do país, sofreram diversos bombardeios e tiveram muitas de suas construções abaladas. Nos anos seguintes ao fim da Segunda Guerra o bairro passou a receber muitos imigrantes afro-caribenhos, que começaram simplesmente a ocupar as casas vazias, sem nenhum critério.

Por conta da numerosa população negra que se instalou na região, foi lá que surgiram em 1958 os primeiros conflitos raciais de Londres. Mais tarde, em 1964, surgiu então o Carnaval de Notting Hill, evento no qual as comunidades africanas  e caribenhas passaram a expressar suas culturas e tradições. O evento contribuiu muito para minimizar as tensões raciais da época!

A partir da década de 80 o bairro começou a mudar de cara. Cada vez mais a população jovem passou a se instalar em Notting Hill e as lindas e coloridas casas custam hoje verdadeiras fortunas.

Além de caminhar por lá pra apreciar as ruas e casas charmosas, é preciso visitar uma das feiras de antiguidades mais famosas da cidade, que acontece na Portobello Road.

A feira acontece diariamente, porém o melhor dia para aproveitá-la é aos sábados, quando está mais completa!

Além de diversas lojas abertas ao longo da avenida, há muitas barracas montadas na rua, onde são expostos diversos objetos antigos de decoração, roupas, souvenirs etc…

Outro destaque são as variadas barracas de comida, então aproveite pra ir de estômago vazio!

Como sábado é o melhor dia da feira, espere encontrar muita gente andando por lá, especialmente turistas, que assim como eu, ficam fascinados olhando tudo e tirando muitas fotos.

Se não conseguir encaixar a feira da Portobello Road num sábado no seu roteiro, tente ao menos ir numa sexta-feira, que é o segundo melhor dia (Funciona das 9h as 19h as sextas e sábados).

Agora quanto aos cenários do filme, fique atento, pois já na Portobello Road há um primeiro endereço importante, o número 142.

IMG_2093
Local onde foi criada uma livraria para o filme “Um lugar chamado Notting Hill”

Nesse local, onde hoje funciona uma loja de souvenirs, era a livraria do Will, personagem interpretado por Hugh Grant. Foi na sua livraria especializada em livros de viagem que ele recebeu uma visita ilustre, a estrela de Hollywood Anna Scott, interpretada por Julia Roberts. Repare que ainda tem a fachada da livraria do filme.

Porém, a livraria que serviu de inspiração para a obra cinematográfica fica num outro endereço, bem pertinho dali, no 13-15 Blenheim Crescent.

IMG_2145
Livraria do bairro que inspirou a livraria do filme “Um lugar chamado Notting Hill”

No passado lá funcionava uma “Travel Bookshop”, mas que fechou em 2011. Hoje funciona no lugar uma outra livraria…

Ela é super pequena e charmosa! Nos fundos tem uma seção de livros infantis e outra de viagens que são incríveis, não dá mais vontade de sair! Vale muito a pena conferir (os preços não são nada absurdos)!

Pra finalizar o tour pelo bairro, dê uma passadinha em frente a casa do personagem Will. Quem não se lembra daquela famosa porta azul? Fica no 280, Westbourne Park Road.

IMG_2159
Porta azul da casa onde Will morava…

Como chegar: Metrô Notting Hill Gate (Linhas: Central, District e Circle) – zona 1

IMG_2056
Metrô Notting Hill

Para conferir nosso roteiro completo de 3 dias em Londres, Clique Aqui!

Enjoy 😉

 

 

Anúncios

3 Comments »

  1. Oie! Sou uma apaixonada por Londres, apesar de (ainda) não ter conhecido pessoalmente a cidade. Adorei saber mais um pouquinho de Notting Hill, confesso que não vi o filme inteiro quando tive a oportunidade, Hugh Grant é péssimo. MAS as portas coloridas SEMPRE me atraíram e talvez depois desse texto eu tenha mais força de vontade de ver o filme, rs.
    Pergunta: qual a média de preços dos suvenires na feira? É como aqui no Brasil em que numa feirinha, muitas vezes, as peças não saem por menos de 5 reais ou aí é bem variado e temos que sair com o cartão?
    Abraço e obrigada ❤

    Para uma próxima viagem, se você precisar/quiser sugestões, que tal visitar Brighton? Tem muuuuita história e sul é lindo ❤

    Curtir

  2. Oi Tammy 🙂 Londres é realmente apaixonante e o bairro de Notting Hill uma graça! Tente assistir o filme novamente, talvez agora sabendo melhor a história do bairro você tenha mais paciência com o Hugh Grant…rs

    Os produtos da feira são super variados, assim como os preços. Com certeza você encontra souvenirs mais baratinhos, mas é sempre bom estar com o cartão caso se depare com um super achado um pouco mais carinho! De qualquer forma, mesmo que não seja pra comprar nada, andar por lá e comer alguma coisa gostosa já é um super programa.

    Quanto a dica de Brighton, muito obrigada! Quem sabe numa próxima, né?!

    Bjs 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s