12 programas românticos em Paris

Quando falamos de Paris, de suas pontes, do rio Sena, da Torre Eiffel iluminada etc., já temos um cenário super romântico para uma viagem incrível, certo? Certo!

Mas se você quer elevar o nível de romantismo da viagem, reuní aqui algumas sugestões de programas pela cidade que vão te inspirar, quem sabe até para fazer um pedido de casamento…rs

Se a ideia é essa, fazer um pedido de casamento, fuja do clássico (leia-se óbvio) pedido no topo da Torre Eiffel e leia atentamente os itens #2,#3, #8 e #11. O #2 é disparado meu preferido!!!

1 – ASSISTIR À UM ESPETÁCULO NA DESLUMBRANTE ÓPERA GARNIER

Assistir à um espetáculo na Ópera Garnier se torna um daqueles momentos mágicos da vida que guardamos para sempre em nossas memórias.

A Ópera Garnier é um dos grandes monumentos de Paris e sua construção ocorreu durante o grande projeto de revitalização da cidade, comandada por Napoleão III e o Barão Haussmann.

IMG_9143
Ópera Garnier

Inaugurada em 1875, foi durante algum tempo o maior teatro do mundo.

O seu interior é ainda mais majestoso, repleto de pinturas, mosaicos e mármores de todos os tipos.

A sala de espetáculos é toda vermelha e dourada, e contrasta lindamente com o inusitado teto mega colorido, obra do artista Marc Chagall.

É possível comprar ticket para conhecer as instalações do prédio, mas eu sugiro mesmo comprar ingressos para assistir à um espetáculo. É emocionante estar lá e claro, super romântico! Uma noite em Paris para nunca ser esquecida!

Endereço: Place de l’Ópera – na esquina entre as ruas Scribe e Auber (estação de metrô mais próxima: Ópera – linhas 3, 7 e 8 e RER A: Auber).  Clique aqui para ver a programação (Atenção: Ao consultar a programação, note que há espetáculos também na Ópera Bastille, que é outro prédio um pouco distante desse que estamos falando e com uma arquitetura bem menos charmosa mais moderna).

2 – FAZER UM PASSEIO DE BARCO PRIVATIVO NO SENA

Já disse isso num outro post, “Depois da Torre Eiffel o que mais gosto em Paris é o rio Sena, e um passeio de barco por ele é imperativo”.

Agora, se você quiser levar às alturas o nível de romantismo da viagem, essa dica é pra você! Contratar um passeio de barco pelo Sena somente para os pombinhos!

Esse programa é perfeitoooooooooooo para um pedido de casamento!!!! rs

novaInes
Barco da empresa Green River – Foto: Juliano Frassetto

Um casal de amigos que veio nos visitar em Abril passado, ficaram noivos num passeio desses e disseram que foi super emocionante! (a gente ajudou a organizar e eu estava mega ansiosa, porque a noiva é uma querida e nem desconfiava da surpresa…rs). Eles emprestaram as fotinhos abaixo pra eu mostrar pra vocês!

ines 1
Noivado do casal Inês e Juliano (queridos!!!) no barco da empresa Green River – Fotos: Juliano Frassetto

O barco saiu num horário próximo do anoitecer e aí parou em frente a Torre Eiffel quando ela estava brilhando…(foi a deixa pra ele fazer o pedido de casamento!)

Vou sugerir aqui a empresa que indicamos para o noivo e que foi aprovada pelo casal. A equipe é bastante atenciosa!

Empresa: Green River. Os preços variam de acordo com a duração do passeio e do que será servido no barco. 

3 – CAMINHAR POR UMA PEQUENA ILHA NO SENA E NO FINAL VER A TORRE EIFFEL BRILHAR DA VARANDA DA PONTE BIR-HAKEIM

Com certeza você já ouviu falar das famosas Île de la Cité e Île Saint-Louis em Paris, afinal é lá que estão alguns dos pontos turísticos mais famosos da cidade, como a Catedral de Notre Dame.

Agora se você quer conhecer uma outra ilha, bem menor e nada turística, te convido a passear pela Île aux Cygnes, uma ilha artificial construída no Sena no século XIX.

IMG_3700
Île Aux Cygnes

Logo a ilha foi transformada numa promenade, um agradável percurso de quase 1km e apenas 11 metros de largura, cercada por árvores e pelo rio, perfeita para uma caminhada.

No final do percurso você vai descobrir uma réplica da Estátua da Liberdade (22 metros), que foi dada à cidade de Paris pela comunidade parisiense dos Estados Unidos, para comemorar o centenário da Revolução Francesa.

IMG_7756
Estátua da Liberdade na Île aux Cygnes

Na volta, atravesse a Ponte Bir-Hakeim para chegar em sua varanda do outro lado da rua. Note que é a mesma ponte onde foram gravados os filmes “Último tango em Paris” e “A Origem”. É maravilhosa!

Da varanda da ponte se tem uma vista espetacular da Torre Eiffel, onde você sempre encontrará casais de noivos fazendo ensaio fotográfico.

Se o seu passeio por lá terminar com o anoitecer, sugiro esperar a Torre Eiffel brilhar para o clima de romance ficar completo (nossos amigos que ficaram noivos em Paris serão vistos em várias fotos ao longo desse post, porque eles são mega românticos, adoram tirar fotos e banquei a “fotógrafa” quando vieram nos visitar! rs)

IMG_4334
Varanda da Pont Bir-Hakeim

Dica: A Torre Eiffel pisca à noite de hora em hora por 5 minutos. No inverno ela acende por volta das 17h, mas no verão somente lá pelas 22h. Ela pisca pela última vez à 1h da manhã, quando apaga completamente.

Como chegar: Desça na estação de metrô Bir-Hakeim – linha 6 e caminhe até o centro da Pont Bir-Hakeim, a ilha está ao lado oposto à varanda da ponte (sentido contrário à Torre Eiffel).

4 – TOMAR UM CAFÉ NA LIVRARIA MAIS CHARMOSA DE PARIS 

“Seja gentil com estranhos, pois eles podem ser anjos disfarçados”. 

Esse era um dos lemas de Walt Whitman, fundador da famosa Shakespeare and Company. Ele chegou a essa conclusão após uma aventura pela América Central, quando tinha vinte e poucos anos, apenas 40 dólares no bolso e recebeu ajuda de estranhos durante toda a jornada.

Especializada em literatura inglesa, essa pequena livraria funcionava também no início como opção mais barata de moradia para os jovens escritores, que em troca deviam ajudar na loja e ler um livro por dia.

IMG_8008
Livraria Shakespeare and Company

O lugar é super charmoso, repleto de histórias, entulhado de livros e móveis antigos. 

Depois de conhecê-la, sente-se no café ao lado, que leva o mesmo nome. Ele foi aberto em 2015, fruto de um sonho antigo de seu fundador e realizado por sua filha, que administra atualmente os negócios.

Além da vista para a Catedral de Notre Dame, lá são servidos cafés, chás, sucos naturais e comidinhas orgânicas e vegetarianas.

Vi que eles estão estudando a possibilidade de oferecer no futuro um “kit piquenique” para você levar embora: cesta com queijos e vinhos e uma toalha pra sentar às margens do Sena ou ali do outro lado da rua mesmo, na praça René-Viviani. Vai ser incrível, não é? Aliás, essa é a sugestão do nosso próximo item da lista!

IMG_7890
Praça René-Viviani

Para mais informações sobre a livraria e o café, Clique aqui.

Endereço: 37 rue de la Bûcherie (estações de metrô mais próximas: Saint-Michel – linha 4 e Cluny-La Sorbonne – linha 10. RER B e C – Saint-Michel-Notre-Dame). A livraria funciona todos os dias das 10h as 23h e o Café de segunda à sexta-feira das 10h as 18h30 e aos sábados e domingos das 10h as 19h30.

5 – FAZER UM PIQUENIQUE COM VINHO ROSÉ ÀS MARGENS DO SENA 

Sempre que o tempo permite, o parisiense está na rua fazendo piquenique. As opções de lugares para estender a toalha são inúmeras, conforme já mostramos num outro post. Clique aqui para conferir.

Mas já que estamos falando de programas românticos, minha sugestão é sentar às margens do Sena e abrir um vinho rosé enquanto contempla a cidade e a movimentação de barcos no rio! (para caprichar, leve umas comidinhas gostosas, opções em Paris não faltam…).

Meu lugar preferido no Sena é atrás da Notre Dame, pois o visual é lindo! Uma opção é descer na estação de metrô Pont Marie – linha 7, atravessar a ponte de mesmo nome, cruzar a Île Saint-Louis (uma graça), depois cruzar novamente o Sena e aí procurar um lugarzinho no Quai de la Tournelle.

6 –PASSEAR POR MONTMARTRE E CONHECER A PAREDE DOS “EU TE AMO” 

Com suas ruas estreitas e ares de cidade do interior, Montmartre é muito charmosa e super indicada para um passeio romântico.

É verdade que o bairro é bem turístico e algumas ruas são muito cheias, mas elaborei pra vocês um mapa com uma sugestão de trajeto mais tranquilo e menos óbvio por Montmartre, para realmente você aproveitar o passeio e observar um lado mais residencial do bairro, Clique aqui para conferir. 

Ao longo do trajeto sugerido, contemple as diversas praças e ruinhas de Montmartre!

No fim do passeio, você chegará na Place des Abbesses. Em frente a ela tem um jardim bem escondidinho, se trata da Square Jean Rictus, onde tem o famoso muro dos “Je t’aime”.

O muro é obra do artista Frédérique Baron e constituído por 612 azulejos com 311 “Je t’aime”escritos em 280 idiomas. Muito amor!!!!!!!

Se quiser aproveitar e caminhar mais um pouco pela região de Montmartre, indo em direção ao bairro de Pigalle, siga para a sugestão #7. Mapa abaixo.

Mapa Musée vie romantique
Mapa trajeto Place des Abbesses até Musée de la Vie Romantique

7 – TOMAR UM CHÁ NO CHARMOSO JARDIM DO MUSÉE DE LA VIE ROMANTIQUE

O Museu da Vida Romântica é um charme! Fica meio que escondidinho na região de Montmartre, numa casa construída em 1830 que pertencia ao pintor holandês Ary Scheffer.

IMG_3029
Musée de la Vie Romantique

A casa é lindinha, assim como o jardim, onde você encontra uma casa de chá super agradável. É uma boa pedida para descansar dos passeios e descobrir um lugar dedicado à época romântica.

IMG_3017
Jardim do Musée de la Vie Romantique

O melhor, a visita à exposição permanente do museu é gratuita!

Endereço: 16 rue Chaptal (estações de metrô mais próximas: Saint-Georges – linha 12 e Blanche – linha 2). Funciona de 3f à Domingo ( 10h as 18h), exceto feriados.

Clique aqui para obter mais informações sobre o Musée de la Vie Romantique.

8 – JANTAR NUM TERRAÇO COM VISTA PARA A TORRE EIFFEL

Já imaginou um jantar romântico com vista para a torre mais famosa do mundo?

O restaurante Les Ombres (cozinha contemporânea) fica no terraço do Musée du Quai Branly (indicado por mim no post “8 museus em Paris que não podem ficar fora do seu roteiro”).

De lá se tem uma vista panorâmica para a Torre Eiffel, cujas luzes brilhando refletem no terraço do restaurante. Já imaginou?

O menu jantar custa 71 euros por pessoa (entrada + prato + sobremesa) e tem um menu de 98 euros que inclui uma taça de champagne. O preço é salgado, mas ideal para comemorar uma data importante ou ainda fazer um pedido de casamento…rs

Se quiser conhecer o restaurante mas achou muito caro, uma opção é ir almoçar lá durante a semana (exceto feriados). O menu completo custa 42 euros e se preferir tem opção de entrada + prato ou prato + sobremesa por 32 euros.

Endereço: 27, Quai Branly. RESERVA OBRIGATÓRIA, Clique aqui.

9 – FLANAR A NOITE PELO QUARTIER LATIN E DESCOBRIR A ESCADARIA DO FILME “MEIA-NOITE EM PARIS”.

O Quartier Latin é uma região de Paris que engloba os arrondissements (bairros)  5 e 6. Lá estão concentradas várias escolas e universidades, como a tradicional Sorbonne. O nome da região vem daí, já que nas escolas na época da Idade Média o ensino era feito em latim.

Eu adoro flanar por lá, flanar mesmo, andar sem direção, descobrir novas vielas, novas praças, entrar em pequenas igrejas, é uma delícia. É lá que tem o Jardin du Luxembourg, o Boulevard Saint-Michel, a Église Saint-Sulpice, a Rue Mouffetard, o Boulevard Saint-Germain e muito mais.

Minha sugestão pra você garantir um passeio romântico é passear por lá durante a noite.

Primeiro, procure um lugar aconchegante pra jantar, tem muitas opções na região. Minha dica de restaurante é o “Un Dimanche à Paris”, que fica numa rua secreta (linda!), a Cour du Commerce Saint André, em frente ao metrô Odéon.

A rua é super antiga e dentro desse restaurante ainda tem vestígios de uma torre do século 13, a Tour Philippe Auguste.

IMG_7675
Restaurante “Un dimanche à Paris”

Além do lugar ser super agradável, a comida é muito boa e a sobremesa algo inexplicável (eles são especialistas em chocolate e tem uma boutique de doces ao lado).

Depois do jantar caminhe sem pressa pela região para descobrir as escadarias onde foram gravadas cenas do filme “Meia-noite em Paris” de Woody Allen.

IMG_0449
Escadaria do filme “Meia Noite em Paris”- Église Sainte-Étienne-du-Mont

Se você nunca assistiu o filme, a história é sobre um escritor americano, interpretado por Owen Wilson, que vai parar nas escadarias de uma igreja nos seus passeios noturnos e é transportado para a Paris de 1920.

A tal escadaria encontra-se na lateral da Église Saint-Étienne-du-Mont, que abriga o santuário da Sainte Geneviève (padroeira de Paris). Fica bem atrás do Panthéon.

IMG_6538
Église Sainte-Étienne-du-Mont

Clique aqui para ver o trajeto desde o restaurante sugerido até a Igreja.

Endereço: Restaurante “Un dimanche à Paris” – 4-6-8 Cour du Commerce Saint-André (em frente ao metrô Odéon). Das terças aos sábados das 19h as 22h (é servido almoço de quarta-feira ao sábado das 12h as 14h). Domingo apenas brunch, das 11h as 14h30. RESERVA OBRIGATÓRIA COM NO MÍNIMO 24H DE ANTECEDÊNCIA, Clique aqui.

10 – PASSEAR PELAS PONTES DE PARIS 

Outro passeio bem romântico é passear pelas pontes da cidade.

No total, o rio Sena conta com 37 pontes, mas destaquei aqui três que são mais famosas e merecem mais atenção (além da Pont Bir-Hakeim que indiquei no item #3).

Minha sugestão é começar o passeio pela ponte mais bonita de Paris (na minha opinião rs), a Pont Alexandre III. Ela tem várias esculturas folheadas a ouro e é um deslumbre.

Dali siga sentido a Pont des Arts, àquela na qual os casais de apaixonados colocavam um cadeado com seus nomes escritos, lembra?

Pois é, por questões de segurança, em 2015 a Prefeitura precisou remover todos os cadeados. Para evitar que a história se repetisse, no lugar das antigas grades foram instalados painéis de acrílico. Ela não tem mais o charme de antigamente, como podem imaginar, mas vale a pena conhecê-la.

Por fim, siga para a Pont Neuf, outra ponte queridinha dos parisienses e dos turistas. É considerada a ponte mais bonita de Paris (no fim do passeio você vai poder decidir qual acha mais bonita: Alexandre III ou Pont Neuf, a disputa é grande…rs)

A “ponte nova” (Pont Neuf) é na realidade a mais antiga de Paris e uma das mais bonitas! Suas varandas são super românticas e os fins de tarde ali costumam ter um visual incrível. Tente sentar numa das varandas, apesar de não ser uma tarefa fácil, e contemple o Sena e todos os monumentos incríveis ao seu redor!

Para ajudar no trajeto veja o mapa abaixo.

mapa pontes
Trajeto da Pont Alexandre III até a Pont Neuf

11 – FAZER UM PASSEIO DE BIKE NOTURNO

É muito gostoso explorar uma cidade de bicicleta e se essa cidade for Paris, daí o passeio é mais que perfeito!

À noite a cidade é ainda mais linda, com todos os monumentos iluminados! Além disso, passear de bike a noite é mais tranquilo, já que tem menos trânsito.

Nosso casal “modelo” desse post fez um passeio super romântico com o Conexão Paris, quando esteve aqui em Abril passado. Apesar do tempo frio, eles adoraram e super recomendam! 

É uma ótima oportunidade pra fazer um pedido de casamento em alguma das paradas do trajeto!

ines 5
Passeio noturno de bike – Foto: Juliano Frassetto

Clique aqui para saber mais sobre os passeios de bike oferecidos pelo Conexão Paris.

12 – PASSEAR POR UM CAMINHO LINDO E POUCO CONHECIDO DOS TURISTAS

Que tal fazer um passeio pouco conhecido ainda pelos turistas?

A Promenade Plantée, também conhecida por aqui como La Coulée Verte é um jardim suspenso com quase 5 km de extensão, montado sobre o trecho de uma antiga estrada de ferro, desativada em 1969. Foi esse lugar que inspirou o High Line de Nova York!

Repleto de árvores e cortando vários prédios, o caminho é super agradável e tem potencial para um passeio super romântico. Foi um dos programas preferidos da Inês!

Endereço: 69 rue de Lyon (estação de metrô mais próxima: Bastille – linhas 1, 5 e 8).

Anúncios

3 Comments »

  1. Ahhhh que lindo esse post, Mel. Adoreiiii 🙂 Espero um dia voltar à Paris, só que acompanhada para fazer uma viagem romântica hahah. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *